Seguidores

27 de jul de 2011

Não quero MIGALHAS...


Sinto muito 
Mas não vou medir palavras 
Não se assuste 
Com as verdades que eu disser 

Quem não percebeu 
A dor do meu silêncio 
Não conhece 
O coração de uma mulher 

Eu não quero mais ser 
Da sua vida 
Nem um pouco do muito 
De um prazer ao seu dispor 

Quero ser feliz 
Não quero migalhas 
Do seu amor… 
Do seu amor… 

Quem começa 
Um caminho pelo fim 
Perde a glória 
Do aplauso na chegada 

Como pode 
Alguém querer cuidar de mim 
Se de afeto 
Esse alguém não entende nada 

Eu não quero mais ser 
Da sua vida 
Nem um pouco do muito 
De um prazer ao seu dispor 

Quero ser feliz 
Não quero migalhas 
Do seu amor… 
Do seu amor… 

Não foi esse o mundo 
Que você me prometeu 
Que mundo tão sem graça 
Mais confuso do que o meu 

Não adianta nem tentar 
Maquiar antigas falhas 
Se todo o amor 
Que você tem pra me oferecer 
São migalhas, migalhas... 

Eu não quero mais ser 
Da sua vida 
Nem um pouco do muito 
De um prazer ao seu dispor 

Quero ser feliz 
Não quero migalhas 
Do seu amor… 
Do seu amor… 

Sinto muito 
Mas não vou medir palavras 

Sinto muito…
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário